Consultório particular: o básico que você precisa saber para iniciar

Autor: Nutricionista Thiago Ferreira

Data: 09/09/2020


Está pensando em começar a atender no seu consultório particular e gostaria de saber exatamente por onde começar? Você está no lugar certo. 

Reuni aqui algumas dicas para que você possa ter uma ideia de como pode estar começando a atender no seu consultório. 


Consultório particular: o que eu preciso saber?


É muito comum que depois de concluída a formação na área de nutrição, os profissionais busquem abrir a sua própria clínica ou consultório. Porém, para que isso efetivamente aconteça, é preciso que você tenha conhecimento suficiente para abrir o negócio e mantê-lo no mercado. 

Infelizmente são muitos os consultórios e clínicas que acabam fechando muito rapidamente e acredito que isso aconteça porque nas faculdades de nutrição não há disciplinas sobre gestão e administração. O que acaba deixando uma lacuna muito grande no profissional quando este busca empreender.

Quando você decide que vai abrir o seu consultório particular, você já não é mais apenas um nutricionista, você é um nutricionista empreendedor e é preciso conhecimento de gestão e muito planejamento para abrir o seu negócio e mantê-lo.

Por conta disso tudo, resolvi escrever esse passo a passo com tudo o que você precisa saber para montar o seu consultório particular sem cometer os erros mais comuns. 

Escolha bem o local do seu consultório


Eu vejo que infelizmente as pessoas não dão a devida atenção quanto à escolha do local que estarão montando o seu consultório. Apesar de não ser levada muito a sério, a localização é um dos pontos mais importantes para o sucesso do seu negócio. 

Escolha um bom local, com boa localização, fácil acesso, com capacidade para estacionamento e que possa ser ampliado caso necessário. 

É preciso que você leve isso tudo em consideração na escolha do local onde realizará seus atendimentos, porque se eventualmente você precisar se mudar por conta de um desses fatores que você ignorou, o custo para a mudança será elevado e desnecessário. 

Se você tem foco em atender pacientes particulares, uma boa opção é montar o seu consultório próximo a bairros de classe A e B de sua cidade. Se você deseja atender ao plano de saúde, estar localizado na região central ou próximo à administradora do plano são alternativas assertivas. 

Estrutura do imóvel escolhido por você


Assim como a localização do imóvel, é importante a sua estrutura também, que deve ser avaliada durante o processo de escolha. 
Isso porque mexer na estrutura do imóvel é um dos maiores custos que você pode acabar tendo caso escolha um imóvel que não atende todas as suas necessidades. 

As características básicas de um bom consultório é estruturado da seguinte forma: recepção, sala de atendimento e banheiros. 
Um ponto que muitos profissionais acabam se esquecendo e que pode comprometer o seu alcance de clientes é quanto a acessibilidade do local. 
É preciso que você pense nas questões de acessibilidade da área, permitindo que a mesma possa ser facilmente acessada tanto por crianças, quanto idosos e deficientes, sem restrições. 

Caso você pense em vender produtos relacionados a nutrição e saúde, tenha um espaço especial para armazenamento do seu estoque e tenha um espaço a parte para demonstração ao cliente. 

Isso permite que o seu consultório, ainda que seja pequeno, tenha uma estrutura dinâmica e organizada. 

Você precisa se preocupar com a decoração do ambiente


Um ponto também esquecido pelos profissionais que estão montando seu próprio consultório é quanto à decoração. 
Você certamente já deve ter ouvido aquele ditado sobre a primeira impressão ser a que fica, ele não existe a toa e o que o cliente vê quando chega ao consultório é importante. 

Você não precisa investir em artigos de decoração caríssimos, pode apostar em uma decoração minimalista, que expresse um pouco da sua personalidade e que faça o cliente ter uma visão da sua marca. Nada de consultórios brancos e sem graça. Dê vida para o ambiente, pode não parecer, mas isso faz a diferença. 

Se atente quanto às exigências sanitárias e legais para o funcionamento do seu consultório


Se você está prestes a abrir o seu consultório é importante se atentar quanto às exigências legais e sanitárias para a sua efetiva abertura. 
Esse processo é bastante burocrático e envolve a autorização de órgãos como o Corpo de Bombeiros, a Vigilância Sanitária e outros órgãos em nível municipal que determinam a abertura de congêneres. 

Para que o seu consultório possa atuar, é importante também ter um registro de pessoa jurídica, ou seja, CNPJ. 

Nesse momento, é crucial que você tenha conhecimento de todas as determinações para a operação de consultórios dentro do seu segmento, uma vez que possa haver exigências específicas a depender da cidade onde você está localizado. 

Como essas questões que envolvem a abertura de um consultório particular podem ser bem complexas e burocráticas, recomendo que você busque uma agência especializada em processos regulatórios para que a mesma possa determinar se você cumpriu todas as exigências para a abertura.

Gostou de saber mais sobre como abrir o seu consultório particular? Então não deixe de acompanhar os demais artigos do blog, tenho muitas outras novidades para você!

Compartilhar: